Conheça a e-Estônia: uma sociedade digital

A Estônia é um país jovem. A independência aconteceu em1981 e, como qualquer outro país, problemas com corrupção no governo era uma realidade, além dos centros urbanos serem bastante distantes uns dos outros. A partir daí, o governo passou a pensar em maneiras de atender a população de maneira cada vez mais eficiente.

Então, em 1994, a solução que o governo da Estônia encontrou foi a de interagir com a população fazendo uso de tecnologias, com o intuito de ter um controle maior das informações e tentar resolver os problemas, conseguindo, assim, confiança maior da população.

Para criar e garantir o bom funcionamento de um serviço digital cobrindo toda a população, é necessário que todos os envolvidos, em prestar esse serviço, domine o conceito e o funcionamento de ferramentas digitais. Por conta disso, o país investiu na boa formação acadêmica da população, desde o início da fase escolar até os graus acadêmicos mais altos. O resultado disso, após muitos anos construindo, não apenas uma equipe esclarecida tecnologicamente, mas também toda a população, foi o de oferecer 99% dos serviços públicos online. Apenas para casar e se divorciar que é necessário que as pessoas saiam de casa.

Para alcançar esse sucesso em oferta de serviços públicos online, o país criou um cartão eletrônico de uso obrigatório, que hoje cobre 90% da população, usado em diversos serviços e investe, constantemente, em manutenção de redes e é o primeiro país a usar Blockchain em todo território nacional.


Anett Numa, Digital Transformation Adviser, e-Estonia Briefing Centre

CONIP JUDICIÁRIO 2020 ACONTECEU 01 A 04 DE DEZEMBRO DE 2020 - EDIÇÃO VIRTUAL



0 visualização0 comentário