"Desafios na modernização tecnológica do judiciário"

Entrevista com Michael Dunn, Director Business Programs Digital Justice, MICROSOFT.


1- Um dos maiores desafios na modernização tecnológica do judiciário são múltiplos sistemas legados. Como inovar sem comprometer a operação com estes sistemas?


Obrigado pela pergunta, pois este é um tema que muitas organizações enfrentam à medida que se aproximam de sua jornada de modernização. A Microsoft e seu ecossistema global de parceiros são capacitados na execução de cargas de trabalho críticas. Os serviços de nuvem do Microsoft Azure fornecem um ambiente seguro eescalável e para desenvolver, construir e executar cargas de trabalho conforme a necessidade. O Azure fornece a capacidade de montar facilmente sua operação de DevOps para acelerar sua jornada de migração. Em relação aos sistemas legados, a Microsoft tem uma capacidade de migração madura para orientar as organizações desde o conceito até a produção. A Microsoft publicou uma série de diagramas arquitetônicos, padrões e conceitos que explicam os caminhos de migração do legado para o Azure. A principal mensagem é que a jornada para a nuvem e modernização não é binária. O primeiro passo ideal para sua organização pode ser executar backups na nuvem, ou pode fazer mais sentido migrar seus dados para a nuvem e começar a usar o Azure Analytics, ou até re-hospedar no Azure para desativar a infraestrutura legado rapidamente. Cada organização possui um caminho ideal diferente, mas a Microsoft está preparada para ser sua parceira confiável nessa jornada. Abaixo estão alguns links para um material sobre o tema e um endereço de e-mail para obter mais informações. Conceitos e padrões da arquitetura de midrange e mainframe do Azure - Azure Architecture Center | Microsoft Docs Ferramentas e serviços de migração de mainframe no Azure Marketplace: Todos os produtos – Microsoft Azure Marketplace Para mais informações, entre em contato no e-mail: legacy2azure@microsoft.com


2- Como garantir a não dependência tecnológica de apenas um provedor no processo de modernização do judiciário?


Como primeiro passo, você precisa conhecer e entender a tecnologia que está escolhendo, e se ela é escalável e configurável. Isso elimina o fator de se basear em palpites sobre as necessidades de crescimento e a adição de serviços adicionais que não eram conhecidos antes. A vida útil da tecnologia pode ser continuamente estendida por meio de atualizações e extensões. Ou, seja, se perguntar se a tecnologia cresce com você? Por fim, a interoperabilidade é crucial e você deve saber disso antes de tomar qualquer decisão.


3- Qual a melhor forma de priorizar a digitalização e modernização dos diversos serviços do judiciário?


Recomendamos um workshop de roteiro de três etapas com os stakeholders do cliente para realmente entender onde os possíveis clientes estão. Esse workshop precisaria ser feito para cada cliente e com informações prévias da conta, das estratégias e alinhamentos, entendendo que a modernização precisará fazer parte da primeira etapa e, em seguida, a digitalização é englobada nas etapas 2 e 3. Precisamos avaliar a infraestrutura atual e planejar o futuro.


7 visualizações0 comentário