Futuro do trabalho no Judiciário: Lições aprendidas no home office

PAINEL DE DISCUSSÕES: Futuro do trabalho no Judiciário: Lições aprendidas no home office

Quais foram as soluções encontradas durante a pandemia?

Quais foram os problemas mais comuns enfrentados nos tribunais?

O que foi feito para tornar o processo judiciário mais eficiente, mais rápido e mais digital?

Gestão Remota Com a chegada da pandemia, os órgãos do Poder Judiciário tiveram que se adaptar ao atendimento ao público e na gestão de funcionários trabalhando remotamente.

Dentre as “novidades” desse novo normal, as audiências online foram uma das ferramentas bastante utilizadas com o objetivo de não paralisar o andamento dos processos . A reestruturação dos serviços online, que antes eram presenciais, também foi uma nova demanda para este momento.

Com essas mudanças realizadas na pandemia, um dos desafios será manter e gerenciar pós-pandemia o remoto/presencial, porque os órgãos terão que manter os serviços fornecidos virtualmente e voltar com o atendimento físico para pessoas que não possuem acesso a esse mundo virtual.

Confira esse debate acerca dos novos desafios do trabalho remoto

Moderadora: Roberta Tiemi Saita, Diretora de inovação substituta, Escola Nacional de Administração Pública, ENAP

Panelistas: Ana Cláudia Braga Mendonca, Secretária de Gestão de Pessoas, Tribunal Superior Eleitoral

Cristiano Rocha Heckert, Secretário de Gestão, Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital

Leandro Franco Vilar, Diretor de Atendimento, Tribunal Regional Federal da Primeira Região Raquel Wanderley da Cunha, Secretária de gestão de pessoas, Conselho Nacional de Justiça

Thales Almeida, CIO, Defensoria Pública do Estado da Bahia



5 visualizações0 comentário